Entidades apresentam nova proposta ao BB

Entidades apresentam nova proposta ao BB

As entidades representativas do corpo social, ANAABB, AAFBB, Contraf-CUT e FAABB, apresentaram na sexta-feira, 25/10, nova proposta ao BB, com aprovação da Diretoria Executiva e o Conselho Deliberativo da CASSI.

Entre as mudanças, a retirada do piso de R$ 50 como pagamento mínimo para dependentes, o voto de minerva do Presidente valendo apenas para decisões administrativas e necessidade dos eleitos e indicados possuírem experiência comprovada de, no mínimo, quatro anos, no exercício de função técnica ou gerencial, em pelo menos uma das seguintes áreas: saúde, financeira, administrativa, contábil, econômica, jurídica ou atuarial, ou certificação reconhecida pelo mercado, para investidura ou indicação como membro dos Conselhos Deliberativo e Fiscal.

A contribuição dos trabalhadores continua nos 4% sobre o salário, percentual que já vinha sendo cobrado desde a aplicação do memorando de entendimentos, que se encerra em Dezembro/2019, enquanto o Banco participa com 4,5%. A proposta mantém ainda a cobrança por dependentes, já indicada na proposta anterior, rejeitada por não atingir os dois terços necessários para aprovação em maio deste ano.

Esta proposta depende agora de aprovação do Banco do Brasil, e por contemplar uma mudança no Estatuto do plano de saúde, depende também de aprovação por consulta ao corpo social.

Deixe seu comentário